Descarte de lixo eletrônico. Saiba onde fazê-lo.

Descarte - Lixo Eletrônico


O que é lixo eletrônico?

É todo resíduo, material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos
O celular, o computador, o tablet, etc., em algum momento fica obsoleto ou quebra e vira lixo. Lidar adequadamente com esse tipo de descarte, é um desafio mundial.
Segundo o levantamento do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, só 724 das mais de 5.500 cidades brasileiras têm algum tipo de coleta de lixo eletrônico.
Em lei, lançada há cinco anos, a Política Nacional de Resíduos Sólidos prevê a implantação da logística reversa, em que importadores, fabricantes, distribuidores, comerciantes e consumidores devem promover a coleta e a destinação correta de uma série de produtos.

Exemplos de lixo eletrônico:

- Monitores de Computadores;
- Telefones Celulares e baterias;
- Computadores;
- Televisores;
- Câmeras Fotográficas;
- Impressoras.

Crescimento ameaçador

Em 2017 estimasse que o volume desse lixo no planeta, seja de 48 milhões de toneladas. O que equivale a 130 prédios como o Empire State de Nova Iorque.
O Brasil aparece entre os países que mais geram lixo eletrônico. No continente americano só perde para os Estados Unidos.
O Brasil tem a estimativa de 1,2 milhão de toneladas por ano de lixo eletrônico e um aumento 3 vezes mais rápido que o lixo comum.

Por que o descarte é tão complicado?

O que complica a reciclagem e o descarte é que para cada aparelho existe conexões, peças, fios, ou seja, uma infinidade de materiais diferentes.
As placas de circuito integrado contém metais pesados e potencialmente poluidoras, como chumbo, mercúrio, cádmio, níquel e também metais valiosos, como ouro, prata, cobre. O garimpo humano atrás desses elementos é intenso.
Os lugares para descarte são poucos, precisam cumprir certas exigências para serem aberto, o transporte desses resíduos algumas vezes são diferenciados, e quando passados de um estado para outro, pagam taxa. Ou seja, tudo se torna complicado e caro, acarretando em um descarte errado e muitas vezes clandestino.
Por isso, a consciência dos consumidores é muito importante. Para descartar uma aparelho eletrônico, procure informação na prefeitura de sua cidade, qual o ponto de coleta.

Abaixo, segue listagem referente aos municípios do Grande ABC.

São Caetano do Sul:
O lixo eletrônico pode ser entregue à EMEFM Arquiteto Oscar Niemeyer de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, na Avenida Paraíso, 600, Bairro Oswaldo Cruz. O telefone para mais informações é 4232-3800.


Santo André:
Atendimento de Segunda a Sábado, das 8h às 17h..

• Bom Pastor Av. Bom Pastor, ao lado do nº 1.126 - Jd. Bom Pastor
• Caminho do Pilar Rua Caminho do Pilar, altura do nº 1.552 - B. Pinheirinho
• Carnaúba Rua Carnaúba, em frente ao nº 221 - V. Guiomar
• Santo Alberto Rua Evangelista de Souza, em frente ao nº 1.718 - Jd. Santo Alberto
• Grajaú Rua Grajaú em frente ao nº 90 - V. Linda 
• Camilópolis Rua Benjamim Constant X com Rua Oliveira Pinto - B. Camilópolis
• Alzira Franco Rua Circular em frente ao nº 300 - Jd. Alzira Franco
• Sacadura Cabral Rua Lauro Muller X com Rua Camilo Castelo Branco - V. Sacadura Cabral
• Paraíso Rua Juquiá s/nº - B. Paraíso Próximo ao Sabino

Atendimento de Segunda a Domingo, das 8h às 17h..
• Erechim Rua Erechim X Avenida das Nações
• Antonina Rua Antonina X com Alemanha - Jd. Santo Antônio
• Santo Expedito Rua Santo Expedito ao lado do nº 89 - Jd. Santo Antônio
• Centreville Praça Eurico Gaspar Dutra - B. Centreville
• Ipanema Av. Capitão Mario Toledo de Camargo X com Rua Ascensão - Jd. Ipanema

Compartilhe nas Redes Sociais:

0 comentários